Diretora do Colégio Constantino morre em acidente na BR 020/242


27 de fevereiro de 2012 - 11:21


Promova essa matéria: Orkut Share Promova Facebook Share Compartilhe Retweet Buttom Dihitt



Da Redação

A diretora do Colégio Constantino Catarino de Souza, Marlei Terezinha Pretto, 54 anos, morreu na manhã desta segunda-feira, 27, em acidente entre sua moto Honda Bizz 125 placa JSZ 3898 e o caminhão Volvo FH placa JRP 0757, dirigido por Dimas Rodrigues Bragança, 54, na BR 020/242, em frente ao Posto Porto Brasil, no Centro de Luís Eduardo Magalhães. Marlei deixa uma filha e o marido. Ela foi diretora do Colégio Estadual Mimoso do Oeste (Cemo) e trabalhava há cinco anos no Colégio Constantino.
Segundo um rapaz que presenciou o acidente, mas pediu para não ser identificado, a moto e o caminhão estavam na rotatória da rua Paraíba e aguardavam para entrar na rodovia. O motorista do caminhão aproveitou que um veículo reduziu a velocidade no quebra-molas para acessar a pista da BR, dobrando à direita. A motociclista, que estava ao lado direito do caminhão, também avançou para dobrar à direita. Nesse instante, o caminhão passou por cima da moto. Porém, existe uma segunda versão, não confirmada pela Polícia Civil, de que a diretora seguia pela rodovia, sentido Centro, e foi colhida pelo caminhão que estava na pista contrária. As duas versões serão analisadas pelos investigadores.
Uma aglomeração de curiosos atrapalhou o trânsito e o trabalho dos policiais militares. O trânsito ficou liberado apenas em uma pista entre 9h30 e 11h. O corpo da diretora foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, em Barreiras, por volta das 10h30. Marlei Terezinha Pretto era casada e tinha uma filha. Seu marido está em viagem para o Rio Grande do Sul e sua filha reside em Santa Rita de Cássia (BA). O secretário de Esporte e Lazer, Valtair Fontana, que minutos antes do acidente havia conversado com Marlei Pretto, disse que o corpo dela será velado no Ginásio Dioclécio Severino Ramos, na Escola Ottomar Schwengber.

Carreata
. Chocados com o acidente, alunos e amigos da professora Marlei Terezinha estão se organizando para realizar às 17 horas desta segunda-feira uma carreata pelas ruas da cidade pedindo sinalização no trânsito da Cidade. A carreata sairá do Colégio Constantino Catarino de Souza, no Santa Cruz. Os participantes irão usar roupas pretas.

Marlei Terezinha Pretto (Foto Arquivo/Raul Marques)

Nota da Prefeitura.

A Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães e a Secretaria Municipal de Educação emitiram nota de pesar pelo falecimento da professora Marlei Terezinha Pretto. Na nota, a Prefeitura esclareceu “que não haverá aula nas escolas públicas nesta terça-feira, 28, para que os professores e alunos possam prestar sua homenagem à tão estimada educadora.”
A Prefeitura informou que as aulas das escolas municipais não foram suspensas nesta segunda-feira, 27, porque o corpo da professora estava no IML, em Barreiras, só sendo liberado no início da noite , “não justificando a dispensa dos alunos sem tempo hábil para avisar aos pais ou responsáveis”.
“O prefeito Humberto Santa Cruz lamenta profundamente a partida da professora Marlei Terezinha Pretto”, diz a nota. “Temos a certeza de que ela deixa um grande exemplo na formação dos jovens, seus alunos e colegas de profissão. Ela foi um exemplo de determinação e confiança. À professora Marlei nós prestamos o nosso respeito, reconhecimento e gratidão”, diz o prefeito na nota.


Matérias relacionadas: